A importância de usar óculos de sol com proteção UVA e UVB

A importância de usar óculos de sol com proteção UVA e UVB

Muito mais do que um simples acessório para deixar você estiloso lindão , os óculos de sol têm uma função fundamental na manutenção de uma boa saúde da visão: a proteção contra os raios UVA e UVB.

Mas afinal de contas, o que são raios UVA e UVB? Calma que a gente explica!

Índice

1. O que são raios UVA e UVB

2. Perigos dos raios UVA e UVB para a saúde da visão

3. Como proteger os olhos dos raios UVA e UVB?

4. Óculos de sol com proteção UVA e UVB

5. Como escolher óculos de sol com proteção UVA e UVB

O que são raios UVA e UVB?

Os raios UVA e UVB, também conhecidos como ultravioleta, são emitidos pela luz solar e não são visíveis ao olho humano, pois estão acima da luz violeta, último espectro visível. 

Apesar de não serem visíveis, eles têm uma energia muito alta e podem causar diversos problemas para nossa saúde e afetar gravemente os olhos. 

Veja também o post completo que fizemos sobre os níveis de proteção UV para óculos de sol.

Perigos dos raios UVA e UVB para a saúde da visão

Nos olhos os raios UVA e UVB podem causar:

1. Queimadura nas pálpebras e na conjuntiva (membrana mucosa que reveste a esclera, parte branca do globo ocular, e a parte posterior da pálpebra) que podem evoluir para um câncer 

2. Formação de pterígio (também conhecido como carne no olho), mais comum nas regiões  com maior insolação e em pessoas que se expuseram muito ao sol ao longo da vida.3. Envelhecimento precoce do cristalino, também conhecido como catarata.

4. Possíveis lesões na mácula (centro da retina com maior concentração de fotorreceptores).

Superfícies como areia, água e neve refletem a luz do sol e intensificam a radiação; areia e água em até 30%, e a neve em até 85%, por isso nesses ambientes o cuidado e a proteção da visão deve ser redobrado.

A forte radiação ultravioleta pode causar queimação dolorosa na córnea e na conjuntiva. Frequentemente, os sintomas só surgem horas depois da exposição à luz solar. Se isso acontecer é preciso consultar um oftalmologista imediatamente. Se não for tratada, a córnea pode ficar com cicatrizes, levando à visão turva a longo prazo.

Como proteger os olhos dos raios UVA e UVB?

Os óculos de sol com proteção UVA e UVB são fundamentais para momentos de exposição à luz solar, seja dirigindo ou apenas em uma caminhada para o trabalho ou para o almoço. 

Quando a exposição for maior, como na praia, por exemplo, recomenda-se combinar o uso do óculos de sol com um chapéu ou viseira, uma vez que os raios solares podem entrar pelas laterais dos óculos.

Uma dica muito importante, que ainda não é um hábito no Brasil, é a proteção ocular das crianças! O cristalino das crianças consegue bloquear parte dos raios ultravioleta, mas como ainda é um órgão em desenvolvimento e muito transparente, deixa as crianças muito mais pré-dispostas e terem lesões na retina por exposição ao sol.

Óculos de sol com proteção UVA e UVB

Antes de comprar um óculos de sol é preciso garantir a proteção UV. No Brasil existe uma certificação da Associação Brasileira de Produtos e Equipamentos Ópticos (Abióptica), que atesta a proteção contra os raios solares, garantindo não só a proteção UVA e UVB, mas também outros parâmetros, como características das lentes e determinação do grau e eixo das lentes. 

Uma vez que os raios nocivos exibem um comprimento de onda de até 400 nm, os óculos de sol também devem apresentar um rótulo “UV 400”. Isso indica que eles filtram os raios com comprimento de onda de até 400 nm.

Atenção: óculos de sol coloridos sem proteção UV adequada são perigosos. O efeito de escurecimento dos óculos leva à dilatação da pupila, permitindo que ainda mais radiação entre no olho. 

Por isso, cuidado com aqueles óculos da moda, mas sem procedência garantida! É fundamental garantir a qualidade das lentes solares por meio de certificações e confiança no local de compra, uma vez que os selos podem ser falsificados.

Homem curte o por do sol com óculos de sol

Como escolher óculos de sol com proteção UVA e UVB

Além dos elementos estéticos, é importante levar alguns elementos técnicos em consideração na hora de escolher um óculos de sol para garantir a melhor proteção dos olhos. 

Entre estes fatores destacamos a cor das lentes, o tamanho do modelo e algumas tecnologias que garantem o melhor desempenho dos óculos escuros.

Cor das lentes solares

Você sabia que cor das lentes e a intensidade de sua tonalidade determinam a quantidade de luz filtrada pelas lentes e, portanto, também a quantidade de proteção fornecida contra o brilho? 

Com uma intensidade de tonalidade de até 95%, as lentes marrom, cinza e verde oferecem a maior proteção contra o brilho e causam a menor distorção possível das outras colorações. Para todas as outras cores, como, por exemplo, azul, vermelho e amarelo, os olhos precisam de tempo para se adaptar e – pelo menos parcialmente – neutralizar as cores. 

Com até 50% de absorção de luz, as lentes amarela e laranja oferecem pouca proteção contra o brilho, mas têm um efeito de aumento de contraste. Portanto, eles otimizam a visão para esportes ao ar livre realizados contra fundos de uma única cor, como, por exemplo, a neve ao esquiar ou um gramado verde. Também podem ser utilizadas para dirigir na estrada pois reduzem o ofuscamento com luzes dos faróis dos carros.

Também existem as lentes solares com tons graduados, que na LIVO chamamos de lentes degradê, em que a parte superior das lentes exibe uma tonalidade mais escura do que a parte inferior, ou um revestimento espelhado colorido, que bombou muito na moda de alguns anos atrás.

Coloração de lentes para óculos de sol - Foto Zeiss
ZEISS PhotoFusion

Existem cinco categorias: 

1. Nível de proteção 0 (0-20% de absorção de luz, por exemplo, à noite);

2. Nível de proteção 1 (absorção de 20-57%, por exemplo, para dias nublados);

3. Nível de proteção 2 (57% -82% de absorção, por exemplo, para o verão);

4. Nível de proteção 3 (absorção de 82% -92%, por exemplo, para água, praia e montanhas);

5. Nível de proteção 4 (absorção de 92-97%, por exemplo, para regiões montanhosas altas e geleiras).

Veja também conteúdo completo sobre lentes solares.

Tamanho da armação

Como mencionamos no início deste artigo os raios ultravioleta podem entrar pelos lados dos óculos, por isso quanto maiores as lentes, maior será o grau de proteção. Selecione óculos de sol com lentes grandes o suficiente para proteger todo o olho. Caso contrário, os raios ultravioleta podem entrar no olho pela parte lateral ou superior da armação.

Óculos de sol com uma armação bem ajustada ao rosto também ajudam a prevenir rugas nos olhos. Quando o olho é exposto ao brilho, apertamos os olhos para garantir que menos luz possa entrar nele e esse movimento pode promover a formação de rugas na região no longo prazo.

Shades GIF - Shades Sunglasses Cool GIFs

Outras tecnologias

Os óculos de sol devem conter lentes polidas, não moldadas. Muitos modelos de óculos de sol baratos têm lentes moldadas que podem formar pequenas bolhas, inclusões ou outros defeitos de qualidade. Isso prejudica sua visão, causando fadiga ocular e dor de cabeça.

Normalmente, um teste simples é suficiente: se um objeto visto através dos óculos de sol fica distorcido quando os óculos são movidos para a frente e para trás, as lentes têm defeitos de qualidade.

Os revestimentos anti-reflexo nas lentes dos óculos de sol também contribuem para uma melhor  qualidade visual e são bastante úteis para pessoas que dirigem muito, por exemplo. 

Lentes com contraste aprimorado, como as polarizadas e com tecnologia anti ofuscante também aprimoram a qualidade visual de uma forma geral, uma vez que minimizam o brilho causado pela luz do sol refletida em estradas molhadas, no mar ou na neve e realçam as cores e o contraste que você vê através de suas lentes. Isso significa que os olhos estão sujeitos a menos esforço e não se cansam tão rapidamente. 

Por fim, as lentes fotossensíveis, aquelas que escurecem no sol, também conhecidas pela marca Transitions. Estas lentes proporcionam uma visão confortável em ambientes internos e externos, pois se adaptam automaticamente à mudança de luz, e por isso são uma excelente opção para pessoas que apresentam maior sensibilidade à luz (fotofobia). 

Sob a luz do sol, elas escurecem em alguns segundos e ficam claras novamente em ambientes internos. Independentemente da intensidade da tonalidade, oferecem 100% de proteção UV e filtram também a luz azul-violeta, mas vale destacar que essas lentes não ficam tão escuras quanto as lentes solares comuns, o que pode incomodar a visão estética de algumas pessoas. A grande vantagem, é que o usuário não precisa mais alternar entre óculos de grau normal e óculos de sol ao se mover entre o sol e a sombra.

Importância de usar óculos de sol
ZEISS PhotoFusion

Agora que você já sabe como escolher o melhor óculos de sol com proteção UVA e UVB acesse nosso site de produtos e escolha o LIVO que é a sua cara! Todos os modelos solares contam com lentes com proteção máxima UV400, para você curtir dias solares tranquilos! 😎

Colaborou com este artigo: Dr Renan Oliveira (CRM-SC 24.929) – oftalmologista especialista em cirurgia refrativa e catarata no Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem (Joinville, SC)